Como montar seu calendário menstrual?

Oii Meninas, vim mostrar para vocês como algumas mulheres montam seu calendário menstrual.

Está certo que muitas mulheres conhecem o seu ciclo menstrual e sabem quando estão no período fértil, porém algumas não conseguem identificar e sempre acabam ficando com medo de que possam estar grávidas, mas aqui você irá aprender a como montar o seu calendário  menstrual.

O ideal é que toda mulher marque as suas menstruações, pois se você tiver controle poderão saber quais são os seus períodos férteis e ter a marcação correta do seu fluxo menstrual e ainda irá facilitar a consulta ao seu médico ginecologista, pois com essas informações você conseguirá informá-lo sobre o intervalo, a duração, a quantidade de sangue que você perde durante todos os dias do ciclo menstrual, cólicas menstruais e irregularidades durante a menstruação.

Para fazer o calendário é indicado que você utilize um calendário comum com doze meses e assim poderá fazer as marcações necessárias e registrar tudo no seu calendário menstrual. O ideal é guardá-lo na carteira ou na bolsa. Para fazer as anotações siga as instruções a seguir: use um traço (/) nos dias em que você tiver pouco sangramento no seu ciclo menstrual; Use (X) nos dias de sangramento menstrual vermelho ou normal; Use (*) nos dias de sangramento menstrual muito intenso; Utilize um círculo em volta do dia nos dias em que você estiver com cólicas menstruais; Utilize dois círculos se estiver com cólicas extremamente fortes que prejudicam o seu dia-a-dia e que teve de utilizar medicamentos para amenizar as dores; Já para saber os dias de fertilidade conte a partir da data da data do início de seu último ciclo menstrual, os dias de ovulação e que são os dias férteis podem acontecer entre o décimo segundo dia ao décimo sexto dia. Para marcar os seus dias férteis utilize uma estrela entre esses dias.

calendario

Se tiverem alguma dúvida, deixem nos cometários..

Beijos..

Vejam também: Cólicas menstruais

Anúncios

Descubra o melhor método de depilação para a sua pele.

Olá meninas, hoje vim falar um pouco sobre depilação pra vocês. Descubra qual o melhor tipo de depilação para a sua pele.

 

Screen-shot-2011-08-19-at-1.38.02-PM

 

 

Pele seca com pelos finos: O mais indicado para o seu tipo de pele é o creme depilatório. Isso porque sua fórmula hidrata a pele enquanto os ativos dissolvem os pelos. O tempo que o produto age sobre a pele depende da marca, mas geralmente não ultrapassa 10 minutos. Algumas marcas ainda possuem um produto específico para cada parte do corpo.

Pele seca com pelos grossos: A depilação perfeita para você é a com cera quente. Ela ajuda a dilatar os poros ao arrancar os fios pela raiz, aliviando a dor e evitando que eles encravem depois. Antes de apostar no arranca-arranca dos pelos, é importante preparar a pele. Dois dias antes da depilação, é preciso esfoliá-la e hidratá-la bastante.

Pele oleosa com pelos finos: Se você quer se livrar da depilação por vários dias seguidos, o método indicado é a depilação com cera. Mas se você não quer encarar a dor e não se importa em ter pelinhos nascendo na perna no dia seguinte, a depilação com lâmina está liberada. Se você escolher a segunda opção, é importante não passar a lâmina com a pele seca. Isso pode causar irritação e você pode se cortar, o que é ainda pior. Passe gel, espuma de barbear ou sabonete antes de usar a lâmina. A forma correta de passá-la é no sentido oposto do crescimento do pelo, ou seja, de baixo pra cima.

Pele oleosa com pelos grossos: Como o seu pelo é grosso, há grande possibilidade deles encravarem. Pra evitar isso, o ideal é alternar dois tipos de depilação. As mais indicadas são a com cera e com lâmina. Então, se a sua última depilação foi com lâmina, faça a próxima com cera. Mas isso não é regra. Você pode alternar a cada duas ou três depilações.

Pelos encravados. E agora? Uma das causas dos pelos encravados é o excesso de queratinização dos folículos, isto é, o entupimento dos poros, os buraquinhos da pele por onde saem os pelos. Para evitar isso, a alternativa mais indicada é esfoliar a pele um ou dois dias antes da depilação. Mas se mesmo assim o problema persistir, a depilação a laser pode resolvê-lo. Isso porque o calor gerado pela luz do laser percorre toda a extensão do pelo, até chegar ao folículo e queimá-lo. Quando isso acontece, os pelos não crescem mais e você se livra deles.