Cuidando dos pés

lindos pes 10

É só as temperaturas baixarem um pouquinho pra gente colocar meias e ficarmos o dia inteiro com elas. Mas tanto no frio quanto no calor, os pés também precisam de cuidados especiais, assim como as mãos.

Para aprender a cuidar direito dos pezinhos, conversamos com a dermatologista. Ela deu ótimas dicas do que podemos fazer para deixar essa parte do corpo sempre bonita e saudável, além de ensinar como cuidar de certos probleminhas chatos, como os calos. Confira:

Seque direito os pés: Sim, secar os pés de forma correta após o banho é superimportante. “Seque bem entre os dedos dos pés, pois isso evita o surgimento de micoses”, diz a dermatologista.

Hidratação: A hidratação pode ser feita com um creme que tenha 10 % de uréia. As receitas caseiras de cremes para hidratação podem funcionar, mas é preciso tomar cuidado para não usar nenhum ingrediente que dê alergia. Há muitos cremes prontos com valor acessível e que podem ser utilizados com mais segurança.

Calos, joanetes e micoses 
Os calos são formados por muita pressão da pele contra as estruturas ósseas. O uso de saltos altos acaba proporcionando a formação de calos no ponto onde se concentra o peso do corpo. Para evitar o surgimento deles, escolha sapatos confortáveis e alterne o uso de saltos altos e baixos. Calçados que apertam os dedos dos pés também podem formar calos, então evite. Já os joanetes são um espécie de torção do dedão, e que pode ser evitada usando sapatos de bicos mais quadrados. Quanto mais fino o bico do calçado, mais fácil de se forma uma joanete,.

Passar muito tempo usando sapatos fechados não é um problema, Isso só é ruim para as pessoas com suor excessivo nos pés. Nesses casos, a pessoa pode acabar tendo uma micoses. Esse problema altera a pele dos pés, surgindo manchas. É importante a avaliação de um dermatologista para o diagnóstico e tratamento adequado das micoses. Alguns tipos de micose se parece com um simples ressecamento dos pés. Por isso, se o seu pé for muito ressacado, e não melhora com o uso de hidratantes, procure um dermatologista.

Unhas encravadas
Não se deve tentar remover uma unha encravada sem auxílio. Podemos usar órteses (placas rígidas que puxam a unha, levantando os cantos) entre outras medidas que evitam o tratamento cirúrgico. A cirurgia só acontece quando o estado da unha é muito grave.

Para não correr o risco de ter unhas encravadas, corte-as sempre quadradinhas, e ao remover as cutículas tome cuidado para não machucar a pele ao redor. Nunca usar espátulas em baixo das unhas, pois assim se provocam descolamentos e às vezes até micoses podem surgir.

Dica: Quando for fazer a unha em uma manicure ou junto com as amigas, sempre utilize seus próprios materiais como lixas e alicate de unha. Doenças como hepatites B e C, o vírus HIV, além de micoses nas unhas e na pele dos pés podem ser adquiridas com materiais não esterilizados. Também não use o esmaltes por períodos muito prolongados, pois as unhas podem ficar com manchas brancas.

Fiquem ligadinhas.. 😉

Anúncios

Um comentário sobre “Cuidando dos pés

  1. Pingback: Operação dia dos namorados | Flores Vaidosas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s